CheckUpDown

 

Erro HTTP 405 Method not allowed (Método Não Permitido)

Introdução

O protocolo HTTP define métodos para indicar a ação a ser executada no servidor de rede para determinado recurso de URL identificado pelo cliente (ex: seu navegador de rede ou nosso robô CheckUpDown). Os métodos são os seguintes:

  • OPTIONS (OPÇÕES): Descubra as opções de comunicação disponíveis para um determinado recurso URL. Permite que o cliente determine as opções e/ou exigências associadas a um recurso, ou as capacidades de um servidor, sem uma ação específica que compreenda a transferência de dados.
  • GET: Recupera as informações identificadas pelo recurso URL. Ex: Obter uma determinada página na Internet ou imagem. De longe, o método mais comum.
  • HEAD: Idêntico ao GET, exceto pelo fato de que o servidor retorna as informações do cabeçalho apenas, e não as informações efetivas identificadas pelo recurso URL. Útil para obter meta-informações sobre a entidade implícito pelo pedido sem transferir o próprio corpo-entidade. Frequentemente usado para testar links de hipertexto para verificar validade, acessibilidade e modificações recentes.
  • POST: Submete dados ao servidor de rede, tais como 1) coloca mensagem em um quadro de boletins, boletim informativo ou lista de correio, 2) fornece dados de registro – normalmente a partir de um formulário CGI – para um processo de manipulação de dados, 3) inclui um registro diretamente em um banco de dados.
  • PUT: Define (coloca/ substitui) os dados para uma determinada URL para os novos dados submetidos pelo cliente. Por exemplo, carrega uma nova página da rede para um servidor.
  • DELETE: Exclui os dados associados ao recurso URL. Por exemplo, exclui uma página da rede.
  • TRACE: Executa uma aplicação remota – layer loop-back da mensagem do pedido. Efetivamente, um 'ping' que testa quais os dados que o servidor de rede está recebendo do cliente.
  • CONNECT: Reservado para uso com tunneling (ex: SSL) através de um servidor proxy. Este método é definido somente para a versão HTTP 1.1, e não a versão anterior 1.0.

Todos os servidores de rede podem ser configurados para permitir ou proibir qualquer método. Por exemplo, se um servidor de rede for “apenas leitura” (nenhum cliente pode modificar recursos URL no servidor de rede), então, ele poderia ser configurado para proibir os métodos PUT e DELETE. De forma similar, se não houver qualquer registro do usuário (todas as páginas da Rede são estáticas), então o método POST poderia ser proibido. Portanto, erros 405 podem ocorrer porque o servidor de rede não está configurado para pegar dados do cliente de forma alguma. Eles também podem ocorrer se o cliente não tiver autorização o suficiente para determinado recurso URL identificado na solicitação.

Reparando erros 405 - geral

Os erros 405 muitas vezes surgem com o método POST. Você pode estar tentando introduzir algum tipo de formulário de registro no Web site, mas nem todos os ISPs permitem o método POST necessário para processar o formulário.

Todos os erros 405 podem ser traçados para a configuração do servidor de rede e segurança que regem o acesso ao conteúdo do Web site. Portanto, deveria ser facilmente explicado por seu ISP.

Reparando Erros 405 - CheckUpDown

Monitoramos os seu site por erros como 405. Este erro simplesmente jamais deveria ocorrer em sua conta CheckUpDown. Se ele ocorrer, isto normalmente indica programação defeituosa de nossos sistemas ou do servidor de rede que administra seu site. Nós usamos o método GET apenas, que todos os servidores de rede devem permitir (de outra forma, ninguém jamais poderia ver seu Web site).

Por favor, entre em contato conosco (preferencialmente por e-mail) quando quer que você encontrar erros 405 – não há nada que você possa fazer para separá-los. Nós, então, temos que ligar com seu ISP e o fornecedor de seu software de servidor de rede para chegarmos a um acordo sobre o motivo exato do erro.

Erros 405 no Ciclo HTTP

Qualquer cliente (ex: seu navegador de rede ou nosso robô CheckUpDown) passa através do seguinte ciclo quando ele se comunica com o servidor de rede:

  1. Obter um endereço IP a partir do nome IP do site (a URL do site sem o 'http://' direcionador). Esta pesquisa (conversão do nome IP para endereço IP) é prestada pelos servidores do nome do domínio (DNSs).
  2. Abrir uma conexão de soquete IP para aquele endereço IP.
  3. Escrever um fluxo de dados HTTP através daquele soquete.
  4. Receber um fluxo de dados HTTP de volta do servidor da rede em resposta. Este fluxo de dados contém códigos de situação cujos valores são determinados pelo protocolo HTTP. Examine este fluxo de dados cuidadosamente quanto a códigos de situação e outras informações úteis.

Este erro ocorre na etapa final acima quando o cliente recebe um código de situação HTTP que ele reconhece como '405'.



Most Common HTTP Errors

403 - Forbidden
404 - Not Found
500 - Internal Server Error
502 - Bad Gateway
503 - Service Unavailable

Other HTTP Errors

This link contains an overview and a list of other HTTP Errors

For quick access to other errors, use the links below:
300 Error Range: 300 301 302 303 304 305 306 307
400 Error Range: 400 401 403 404 405 406 407 408 409 410 411 412 413 414 415 416 417
500 Error Range: 500 501 502 503 504 505